OAKReGeneration.

MODELOS E RECOMENDAÇÕES DE GESTÃO DE ÁREAS DE AGRICULTURAL SET-ASIDE EM MONTADOS DE SOBRO E AZINHO.

Adequação das atuais técnicas de gestão em sob-coberto (método, intensidade, periodicidade), de promoção da regeneração natural (regeneração natural assistida) e; de gestão do arvoredo para a manutenção e potenciação de áreas de regeneração natural e povoamentos jardinados (natural regeneration hotspots), durante o período de exclusão de atividade produtiva (agricultural set-aside).

COFINANCIADO POR

PDR2020.png

Link do Website do Projeto: https://www.oakregeneration.pt 

FICHA TÉCNICA

Designação do projeto | OakReGeneration

Código do projeto| PDR2020-101-031076

Objetivo principal | Dotar os proprietários/gestores florestais de modelos e de recomendações de gestão de áreas de agricultural set-aside em montados de sobro e azinho. Estes modelos de recomendação de gestão devem proporcionar a adequação das actuais técnicas de gestão em sob-coberto (método, intensidade, periodicidade), de promoção da regeneração natural (regeneração natural assistida) e; de gestão do arvoredo para a manutenção e potenciação de áreas de regeneração natural e povoamentos jardinados (natural regeneration hotspots), durante o período de exclusão de actividade produtiva (agricultural set-aside).

Região de intervenção | Área de montado de sobro e de azinho concelho da Ponte de Sor, Norte Alentejo, Portugal (NUT II Alentejo)

Entidade beneficiária | AFLOSOR – Associação de Produtores Agroflorestais da Região de Ponte de Sor

Data de Aprovação | 2017-11-02

Data de início | 2017-11-01

Data de conclusão | 2021-12-31

Custo Total Elegível | 44191.68 €

Apoios Financeiro da União Europeia [FEADER - Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural] | 26515.08 €

Apoios Financeiro Público Nacional/Regional | 6 628.77 €

Resultados Esperados

  • Implementar esquemas de exclusão de atividade agrícola em áreas potenciais de regeneração natural de sobreiro e de azinheira e aplicar técnicas de gestão do sob coberto (matos) e/ou técnicas der gestão do arvoredo para o sucesso da regeneração natural;

  • Modelos de gestão florestal para a potenciação de ocorrência de áreas de regeneração natural de sobreiro e de azinheira nos montados nacionais.